Croquetes de Feijão Azuki

Quase todo vegetariano que eu conheço tem alguma comida carnívora pela qual as vezes bate uma saudade. Na maioria das vezes, não é pelo sabor da carne em si, mas é que a comida remete a alguma memória afetiva que faz a nossa boca salivar só de lembrar. No meu caso, essa comida era o croquete!

Por algum motivo, aquelas passagens pela Casa do Alemão quando criança, no caminho do Rio para Itaipava com a família, ficaram marcadas na minha memória gastronômica. Uma vez, depois de alguns anos já sem comer carne, o cheirinho de croquete me levou a loucura e cheguei a me arriscar em provar um pedaço. Mas o sabor não chegou nem perto do esperado.

Muitos anos depois, e já a algum tempo sem pensar em croquete, eu resolvi improvisar uns bolinhos aperitivos com um pouco de feijão azuki que tinha sobrado na geladeira. A primeira coisa que o Marcelo (meu namorado) falou quando provou foi que estavam lembrando croquete. Nem acreditei!

Às vezes as melhores receitas surgem assim de repente . Não sei porque eu nunca tinha pensado em fazer croquete vegetariano. Mas a surpresa me deixou tão empolgada que segui as próximas semanas testando variações da receita.

O feijão azuki é um feijão japonês muito rico nutricionalmente e que pode ser encontrado com facilidade nas feiras orgânicas pela cidade. Ele tem alta concentração de proteína e minerais como o zinco, cálcio e potássio, além de mais ferro que o feijão preto tradicional. Para completar, ele fermenta menos que a maioria dos feijões e é portanto muito mais fácil de digerir. Por isso é super recomendado pra quem tem uma digestão mais lenta e para qualquer um a procura de uma opção mais leve de leguminosa.
Apesar de ser fácil de encontrar, muitas pessoas não sabem o que fazer com ele e acabam não experimentando, o que é uma pena. Assim como os outros feijões, ele deve ser deixado de molho por 12 horas e depois cozido com água em panela de pressão ou tradicional (o tempo de cozimento dele é bem menor que o do feijão preto). Eu recomendo cozinhar um panelão quando tiver tempo e congelar em porções menores para ir usando ao longo da semana. Caso você parta do feijão já cozido, os croquetes podem ser feitos em 30 minutos e vão impressionar até aqueles amigos descrentes do vegetarianismo.

croquete processadorVocê só vai precisar de um processador de alimentos (ou mixer de mão) para misturar todos os ingredientes e acertar o tempero. Quando tiver uma massa homogênea (e muito saborosa), é só modelar os croquetes, envolvê-los em farinha de mandioca e levá-los ao forno pré-aquecido por 20 à 30 minutos.

Os croquetes ficam crocantes por fora e irresistíveis por dentro. Ficam muito bem acompanhados de uma boa mostarda e são perfeitos para servir naquela cervejinha entre amigos =)

 

croquete

Croquetes de Feijão Azuki
Porções 6
Avaliações
Imprimir
Tempo de Preparo
1 hr 20 min
Tempo de Preparo
1 hr 20 min
Ingredientes
  1. 1 ½ xícara de feijão azuki (aproximadamente 3 xícaras de feijão azuki cozido)
  2. 2 “ovos” de linhaça (2 colheres de sopa de linhaça moída + 4 colheres de água)
  3. 1 batata média
  4. 1 maço de cheiro verde
  5. 2 dentes de alho
  6. ½ xícara de castanha de caju torrada
  7. 1 xícara de farinha de aveia
  8. 1 colher de chá de sal
  9. ½ colher de chá de pimenta do reino
  10. ½ colher de chá de noz moscada
  11. 1 colher de chá de páprica doce (opcional)
  12. farinha de mandioca para enrolar
Para cozinhar o feijão
  1. Lave o feijão e deixe-o de molho em água filtrada por 12 horas. Descarte a água.
  2. Cozinhe em uma panela funda com água fervente, sal e fatias de gengibre por 40 minutos (ou até ficar al dente). Você pode cozinhar a batata na própria água no feijão.
Para fazer os croquetes
  1. Em um processador de alimentos, triture as castanhas e reserve. Prepare os ovos de linhaça, colocando a linhaça moída de molho por certa de 5 minutos. Enquanto isso, processe o feijão azuki cozido, a batata cozida, a farinha de aveia, sal, pimenta, páprica e noz moscada. Adicione as castanhas e linhaça e processe por mais 1 minuto. A massa deve estar úmida, porém firme o suficiente para moldar os croquetes. Caso esteja úmida demais, acrescente aos poucos mais farinha de aveia. Prove e corrija o sal caso necessário.
  2. Pré-aqueça o forno em 250 graus. O forno deve estar bem quente para que os croquetes fiquem crocantes por fora e macios por dentro.
  3. Molde os croquetes e enrole-os na farinha de mandioca. Distribua-os em um tabuleiro untado com azeite e asse por aproximadamente 20 minutos.
  4. Sirva com uma boa mostarda e picles caseiros.
Observações
  1. Os croquetes também podem ser fritos e eles ficam ainda mais parecidos com os originais. Eu achei os de forno absolutamente deliciosos, e portanto não vejo necessidade de fritá-los, mas prometo que não irei julgar se vocês resolverem tentar.
  2. A farinha de aveia pode ser substituída por farinha de arroz ou farinha de aveia certificada sem glúten, caso você seja celíaco.
Experiência Vegana http://experienciavegana.com/

Se inscreva na nossa newsletter

Escreva seu e-mail para se inscrever,

 




Tópicos recentes

Categorias

Tags

Subscribe!