O melhor Babaganoush que eu já fiz!

Algumas receitas dispensam explicações. E essa é uma delas.

Primeiro, porque o Babaganoush é um clássico da comida árabe, uma iguaria, que pra mim só perde pro hommus e pro falafel (porque eu AMO grão de bico). Se você nunca provou, eu não perderia essa chance!

Segundo, porque é muito fácil de fazer e é uma ótima carta na manga para receber amigos de última hora.

O sabor bem característico vem das berinjelas defumadas, que podem ser feitas diretamente no fogo ou no forno. Aqui, eu misturei as duas técnicas, para dar o sabor bem intenso da brasa e terminar de cozinhar no forno, e não botar fogo na casa =P

Também optei por usar o alho assado, que tem o sabor bem mais suave e adocicado que o cru, além de ser de mais fácil digestão. Tenho reparado que quando coloco alho cru nas receitas meu estômago às vezes reclama, e com ele cozido não tenho problema (vocês também sentem isso?). O alho vai assar quase no mesmo tempo que a berinjela, então não dá trabalho nenhum. É só cortar ele ao meio, regar com azeite, fechar e assar enrolado em papel alumínio. Se você não tem costume de comer alho assim, vai querer colocar em tudo depois!

De resto, só bater tudo no bom e velho processador. Pra quem não tem processador, dá pra fazer tranquilamente amassando tudo com um garfo. Fica um pouco mais pedaçudo, mas igualmente delicioso.

Até o Marcelo, namorado-provador oficial do blog, que é super amante de comida árabe, disse que esse babaganoush foi um dos melhores que ele já provou! Então não dá bobeira e faz ele logo, e depois me conta o que achou 😉

Ah, e se for fazer pros amigos, não esquece de dobrar a receita! Tenho certeza que não irá sobrar!

Para mais inspirações árabes, você também pode experimentar esse hommus de beterraba ou essa salada de espinafre.

Babaganoush
Yields 1
Avaliações
Imprimir
Tempo de Preparo
35 min
Tempo de Preparo
35 min
Ingredientes
  1. 3 berinjelas médias (ou 6 pequenas)
  2. 1 cabeça de alho
  3. suco de ½ limão grande
  4. 2 colheres de sopa de azeite
  5. 3 colheres de sopa de tahini
  6. ⅓ xícara de salsinha picada
  7. sal e pimenta do reino
Passo a Passo
  1. Corte a cabeça de alho ao meio e regue com um fio de azeite. Feche a cabeça novamente e enrole em papel alumínio. Asse em forno a 200 graus por 30 minutos.
  2. Enquanto isso, coloque as berinjelas, uma de cada vez, diretamente sobre a chama do fogão. Deixe queimando até que a casca fique bem preta e vire com uma pinça para queimar do outro lado. Quando as berinjelas saírem do fogo, coloque-as em um tabuleiro antiaderente, cubra com outro tabuleiro ou papel alumínio e leve ao forno a 200 graus por mais 20 minutos. Cheque se elas estão bem macias antes de abri-las.
  3. Corte as berinjelas ao meio e retire a polpa da casca com uma colher. Retire a cabeça de alho do forno, abra ao meio e esprema para retirar o miolo do alho (que deve estar bem macio). Bata a berinjela, o alho e o restante dos ingredientes em um processador de alimentos até obter uma pasta. Prove e acerte o tempero.
  4. Decore com azeite, pimenta e salsinha picada e sirva com chips de pão árabe.
Observações
  1. Para fazer os chips de pão árabe, corte o pão árabe em triângulos, pincele com azeite, sal grosso e alecrim picado e leve ao forno a 180 graus por 10 minutos (ou até que comecem a dourar). Preste atenção, pois eles passam do ponto e queimam muito rápido! Retire do forno e deixe esfriar para ficarem crocantes.
Experiência Vegana http://experienciavegana.com/

 

 

No Comments

Post a Comment

Se inscreva na nossa newsletter

Escreva seu e-mail para se inscrever,

 




Tópicos recentes

Categorias

Tags

Subscribe!